terça-feira, 8 de dezembro de 2009

DEPRESSÃO, CONFUSÃO, TRAIÇÃO - E agora Sophia? / part2



[...]
- Oi, então é... não vai me apresentar para sua amiga não?
- Claro que sim, é que...

DINDOOON! – interrompidos outra vez pela campainha

- Ué, agora não sei mesmo quem é
- Eu chamei a Daniela, se você não se importa... – Alice sempre abusada
- Bom, agora que você chamou não tem mais jeito né.
- Oi dani – Gosto de receber “meus” convidados com um belo e forte “SEJA BEM-VINDO!” – pode entrar... ah, deixa já entrou – paciência: 0%. Se não fosse pela Alice expulsava a Senhorita-cabelo-arrumado, com um pé na bunda e um tanto de vergonha na cara, o que ela anda precisando sabe.

- Aliiiiiiiiiiiiiiiiiiice, amiga nem te conto o que aconteceu, amiga, meu deus, amiga, nem te conto. – Não vejo necessidade em repetir “amiga” tantas vezes. Já deu pra entender sua babaca!
- Conta! – me intrometi 0% paciência 0% saco – não me fuzila com os olhos não, menina, você fez tanto sensacionalismo que acho que até o Junior ta afim de saber – levantada básica na sobrancelha, braços cruzados para não pararem na cara de alguém. Se é que você me entende (tapa! HAHA)
- Hã? O que? Eu? – ele sempre finge que estão na conversa e super entretido, mas depois ficam assim. Perdido.
- Junior? Hmm, bom saber. Eu sou Daniela Cabral Santana prazer – leve exibição
- Prazer! – Sorriu amarelo pra não deixá-la no vaco em Junior – agora entendi o por quê dessa sua cara amarrada – cochichou no meu ouvido.
- Acho que vou vomitar. bleeeergh! – fingi vômito
- Ai, que nojo menina, ou seja lá o que for – caímos na gargalhada. Só não foi suficiente para salvar o resto da minha tarde. Que aliás foi um inferno sem tamanho.
Como deve ter percebido, não temos lá essas amizades. Ela, é metida chata, e eu desleixada legal. Mais um mês se passou e o tal do clima começou a aparecer. Alice parou de sentir ciúmes e eu comecei a gostar da Daniela. Ta, estávamos super unidas pra falar a verdade, nem sei quando isso começou a acontecer mas, enfim. O ciúme que Alice tinha do Junior agora foi transferido para nós. E o Junior se juntou a Alice.
Era dia do aniversário da Alice, minha querida amiga fazia 15 anos. E foi A festa de 15 anos. Com direito a espaço separado para a galera e outro para os pais. Foi tudo perfeito, muito chic, como um conto de fadas, um verdadeiro sonho para qualquer menina. Aproveitamos o que pudemos da festa, dançamos, gargalhamos, conversamos, e por fim fiquei sozinha com o Junior. Foi lindo ele pegou na minha mão e tudo, sabe foi além de tudo tão... PATÉTICO. Como se tivéssemos voltado no tempo, e com 7 anos outra vez. Não que eu seja uma pessoa sem coração ou sem sentimentos, mas por favor! Vamos ser mais maduros pelo menos agora. No momento exato que achei rolaria um beijinho... alguém nos atrapalhou. Sabe, estou sem saco para dar detalhes então vou encurtar um pouco a história. Na semana seguinte começamos a namorar. Nossa, agora eu preciso ser sentimental, foi tão fofo e romântico comigo. Ele fez o pedido debaixo da chuva depois de uma briga - A briga foi porque ele me fez pisar na poça de água, cair e quebrar o guarda-chuva -. Tipo filme mesmo. Quase perfeito. Meu pai chegou de viagem na mesma hora e deu um flagrante no casal – sim, no meio do beijo -. Levamos uma baita bronca, mas depois ele permitiu o namoro.
Tudo ia às mil maravilhas. Mas sempre algo tem que atrapalhar minha paz. No dia em que fomos comemorar os 2 meses de namoro. Peguei Daniela e Junior, no maior amasso. Eles rolaram escada abaixo no shopping, mas consegui soltar toda minha raiva sobre eles.
 Mais uma vez eu estava lá, jogada no sofá de cabeça para baixo, assistindo um programa que parecia ser perfeito para meu momento. Um programa de culinária, que costumava ter 2% de audiência e só aumentava minha bendita fome. Meu pai já havia voltado da segunda viagem depois do acontecido e outra vez ficou parado, sentado no sofá, ao meu lado quieto, – eu estava comendo – esperando alguma reação, de minha parte.
- Quer um? – Perguntei estendendo o pacote biscoito
- Sophia!!! Já é a terceira vez que você me oferece esse biscoito! Você não sabe fazer outra coisa além de comer e ficar deitada no sofá?
- BUÁÁÁÁ! – Desabo em choro
- Ah, não! Oh, Claudia! Vem cá falar com a sua filha. Desisto!
- Sophia vá ao mercado agora! Levanta essa bunda daí e vai comprar alguma coisa!
- Nossa, como vocês são brutos. Acho que sou adotada! – fiz drama
            Cheguei no mercado, do jeito que levantei no sofá. De pijama (sempre), cabelo despenteado daquele tamanho, e com farelo de biscoito na cara. Em meu estado normal, não exageraria assim. Principalmente porque eram cinco horas da tarde! Pessoas ficavam horrorizadas por onde eu passava. Peguei uma cesta e coloquei todas aquelas besteiras gostosas, que estava pronta para devorar. Estava eu novamente desanimada no caixa, e sou surpreendida, por um sentimento que tomou meu corpo e fez meus olhos se encherem de água. Um funcionário hiper caridoso colocou minhas compras dentro da sacola. Tem gesto mais bonito do que esse? – Tem! Sinto me informar – Não teve jeito, desabei em lágrimas feito louca no meio do supermercado.
- Você está bem? – Perguntou assustado o funcionário
- Sim. Eu só estou emocionada com a sua educação. Queria parabenizar seus pais por isso viu filho! BUÁÁÁ! – Morro só em lembra dessa lástima que um dia vivi
- Eu te acompanho até em casa pode ser? – Coitado, ficou desesperado
- Não tudo bem, eu posso seguir a partir daqui sozinha. Muito abrigada viu, seu gesto salvou meu dia.
Virando a esquina de casa, parei, sentei na calçada, e finalmente vi que aquilo não ia me levar a nada. E que era tão patético, que quase vomitei. Corri para casa, deu minhas porcarias gostosas para um mendigo. Entrei em casa tomei um banho, troquei de roupa, me renovei. E depois me matei de rir lendo minhas composições emo que produzi no meu momento depressão.

3 comentários:

  1. Adoro o jeito como escreves, mas deixa eu lhe fazer uma pergunta; Isso foi por agora?

    ResponderExcluir
  2. Adorei! *-*
    Não tá o mesmo estilo do antigo iPoteen, mas ainda estou amando! <33'
    E desculpa se passei um tempo sem comentar nada, o blogspot meu tava com um probleminha, mas já está resolvido!
    Fiz um blog novo e apaguei o antigo, espere que goste. Por enquanto só tem um post, próxima semana boto mais.
    ___________________________________

    Beijos, belo trabalho o seu :*

    ResponderExcluir

Dê-me o seu aval.