quarta-feira, 29 de julho de 2009

Pensamentos

Um dia desses tava fazendo o de sempre dando uma olhada no inútil e legal site da capricho e veio uma matéria mostrando o Joseph (da banda Jonas Brothers) chorando no meu de um show porque tinha terminado o namoro e tal, mas não vamos entrar em detalhes porque não é isso que eu quero comentar. Então fui ver os comentários (adoro fazer isso *0*') e vi um monte de meninas dizendo "QUE BOM, ELA NÃO MERECE" ou "QUE BOM, SOBRA MAIS PRA MIM. HAHAHA (6)" (como se fosse ter alguma coisa), e no meio desses comentários percebi que elas não pararam pra se colocar no lugar delas, só seguiram seu sedento instinto de fã. Não se colocaram no lugar 'deles' e pensaram que cada um tem seus motivos e nada vê isso de que ela não merece. Eu não conheço os dois (dã) e não me acho com direito algum de julgar alguém ao ponto de dizer que ela o mudou e que fez e ainda faz muito mal pra ele. Se ele ta mal não acham que ela também deve estar? Que por ela fazer uma coisa que talvez seja melhor para os dois, acaba se tornando a pessoa mais odiada por um certo "grupo", e vamos concordar que esse povo é grande pra caramba, quase uma torcida do flamengo (meu amor). E tem gente que acha que ela não devia ter terminado com ele, que deveria faze-lo feliz. Realmente ele seria feliz vendo que só estão se enganando. Óbvio. Eu sempre quis ser famosa e tal mais quando vejos essas coisas, quero estar longe disso. Deixam de fazer as coisas só porque gostam. Uns fazem tudo por marketing, já outros nem isso podem fazer. Ou pensam por eles, sofrem por eles, falam por eles, e até decidem como e com o que ele será mais feliz, sem opções ou mínimo de desejo. Coitados, as vezes queria conhece-los no off só pra tentar ajudar, ser todo ouvidos para os desabafos e quem sabe até dar conselhos. Queria muito poder ajudar porque você sempre aprende algo em tudo que você faz, isso é fato. Agora se a coisa é boa ou ruim...
A dica de hoje é: Não seja famosos (e se forem me chamem que eu quero ser todo ouvidos) e nunca escaneie sua mão. Beijos.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Tudo tão intenso

Merda! --'eu to pirando.. a merda da condição financeira ta pior de todos os tempos(escola da carine, minha. curso da minha mãe, da carine, meu. gastos com meus problemas, mínimos mas uma bosta que só, e outras coisas infinitamente gastadores), me estressando no curso, na escola, p. de depressão rodeia, chorando por qualquer coisa, tudo me magoa, o ataque do branco(agora to odiando qualquer tipo de cachorro, --'), roxo no meio da testa, não gosto mais da minha aparência, escola, professores chatos e implicantes(nem todos), dor infernal na perna, não tenho mais vida social, aliás oque é isso mesmo? deu branco! do nada penso que todo mundo me odeia que sou uma pessoa, chata, feia, insignificante (devo ser), uma hora qualquer irei adquirir esquizofrenia, de uns anos pracá minha depres. só piora, não quero chegar ao ponto de me tratar, preciso fugir de mim mesma, não sei me perdoar e isso ta me matando por dentro, tudo que sempre escrevo na minha agenda é uma revolta with myself, ao contrário das minhas amigas que vivem escrevendo que se amam , e blablabla. Preciso dormir mais, fugir, preciso de praia natureza, pessoas tranquilas, me afastar dos que convivo, só quero ir pra longe de todos, as pessoas me trazem momentos bons , mas isso ta me fazendo mal de alguma forma. eu gosto de estar la, mas o que faz mal vicia, ne? não que amizades e tudo sejam péssimos assim ,mas é necessário que eu me afaste, pra poder até oferecer uma pessoa melhor a eles, que me amam tanto e me querem bem, sabe. O que eu normalmente sinto, mas não pela falta de alguém, ou talvez seja, sim, pela falta de alguém, costumo sentir como, se não soubesse mais amar, ou até odiar, e sinto isso com pessoas próximas, muito próximas, oque eu acho horrível e só consigo me me detestar, nem sei mais oque pensar, oque sentir. Eu to mal muito mal...


"Respirar enfim, um momento só pra mim,
E deixar a vida acontecer [...] "

quarta-feira, 1 de julho de 2009

NÃO QUERO SER SEXY ;

Indignada como as coisas estão seguindo, nao consiguo entender como hoje em dia , os padrões de beleza chegaram a esse ponto, onde meninas colocam um short (isso se pode ser considerado um) tão pequenos que até desconcetram qualquer cidadãos. O que querem é chamar atençao e serem notadas, mas será que nao percebem que dessa forma de se descatacar na multidão, nunca vai dar certo ? a forma com que chamam atenção , não a mais "aceitável" ? Caramba , onde que um cara sério e de confiança vai prestar atenção ou olhar e pensar que é uma pessoa boa , e que merece respeito, com aquelas roupas ? Sinceramente, tenho que confessar tenho um pouco de preconceito quando vejo meninas se expondo dessa maneira sem pudor ou cuidado. Sinceramente não sei onde o mundo vai parar, talvez até saiba mas prefiro não pensar ainda mais no assunto. Tudo bem quando é menina tem um corpo bonito, e tal (oque é bonito é pra ser mostrado. SEM EXAGERO). Pior é quando a criatura ta lá , crente qe está abafando, oque na verdade não é bem assim. Está me botando , isso sim! DELS ! onde está o tal BOM SENSO ? deve ter se afogado em um oceano decepção. Pelamordedeus, acorda ! ninguém ta afim de ficar virando a cara pra ter ância de vômito, ÔÔÔ , é você mesma! ou aprende a se vestir ou vai acabar autodestruindo sua imagem! outra coisa que também não me deixa em paz. ONDE QUE PEGAR 500 NA MESMA NOITE , É TÃO DIVERTIDO? Fala sério , isso é feio pra caramba. Se for um garoto tudo bem, mas uma menina... uma menina. Já sabe oque vão pensar , né! E não me vem com essa de que ta nem ai pro que os outros pensam, infelizmente nem tudo é assim. Precisamos causar uma boa impressão para termos sucesso :D A primeira impressão é a que vale , e como vale :O
Enfim, não foi um testamento como esperava pqe demorei tambm qe ate perdi a inspiração.