quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Sinto

"SINTO FALTA DE TE OUVIR, SINTO FALTA DO SEU FALAR, SINTO FALTA DO SEU RIR, SINTO FALTA DE VER VOCÊ SORRIR. SINTO FALTA DE QUANDO VOCÊ ME OUVIA, SINTO FALTA DE COMO ME ASSISTIA, SINTO FALTA DE QUANDO RIA DE MIM, SINTO FALTA DE QUANDO SEU SORRISO ERA POR MINHA CULPA. SINTO FALTA DE SER A CULPA, SINTO FALTA DE SER A RAZÃO, SINTO FALTA DE SER O MOTIVO. SINTO FALTA ATÉ DE QUANDO EU NÃO ERA A CULPA, NÃO ERA A RAZÃO, NEM MOTIVO. SINTO FALTA DAS COISAS PARALELAS, SINTO FALTA DE CONHECER, SINTO FALTA DOS DETALHES, DOS INCONVENIENTES. SINTO FALTA DE TUDO QUE CONSPIRAVA POR NÓS, SINTO FALTA DOS PROBLEMAS QUE UNIAM. SINTO FALTA DE QUANDO VOCÊ SENTIA FALTA. NÃO SEI COMO AS COISAS SERÃO DAQUI PRA FRENTE, SÓ SEI QUE A FALTA QUE EU SINTO, É VOCÊ."

*Texto do 07 Janeiro de 2012. Um achado. Que um dia fez sentido. Um dia foi real.