quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Palavras, simples palavras.

Ontem eu estava pensando em como as palavras mudam tudo e como pode nos levar à sensações tão estranhos. Podemos sentir de ódio à amor, de extase à nojo, de carinho à preconceito. A comunicação é uma das coisas mais importantes na vida de qualquer um,  seria imiossível manter um relacionamnento sem comunicação. Em pensar que tem vários tipos de pessoas: as que falam pelos cotovelos; as que mal abrem a boca; as que são melhores de boca fechada; as que quando se abrem a boca só saem porcarias; e felizmente as que pensam antes de falar. Não deve ser nada interessante uma pessoa que só balança a cabeça pra te responder, e isso quando você  implora. Por outro lado tem os que você não pode dizer a palavra "cachorro", e o "botão falador" da pessoa é ativado, e a pessoa não para mais de falar, e vai  imendando uma coisa na outra. Quantas vezes depois que falamos algo e ficamos lamentando e dizendo: "droga, podia ter ficado quieto" ou então "merda! falei demais". É péssimo quando falamos as coisas sem pensar além do risco de magoar alguém ou perder a confiança de alguém. Pior então quando estamos de cabeça cheia, nossa ai sim, as palavras deixam de existir à nosso favor e se tornam nossas inimigas. Quando falamos as coisas de cabeça cheia, tudo fica tão pior, os problemas tão maiores, normalmente 20% do que dizemos é verdade, porque aumentamos tanto as coisas. Tudo toma uma dimensão tão maior. É muito bom quando ficamos bloquiados nessas horas, assim não falamos o que não deveriamos e depois quando estamos mais calmos vemos que não passava de uma tempestade num copo d'água. QUE BOM QUE TEMOS A MENTE, porque assim podemos pensar antes de falar. Odeio gente que não sabe se comunicar, eu me esforço o máximo pra não sofrer nem fazer alguém sofrer por esse mal. Uma outra coisa que também faz toda a diferença é forma como você se expressa. Com certeza  a melhor forma de se comunicar é a ironia. Além de você estar sempre verdadeiro, tem seu lado cômico. Mas também não pode abusar tem hora, pra tudo.  

PALAVRAS, PALAVRINHAS VAMOS COMER UMA SOPA DE LETRINHAS? (créditos à mana)